Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

O fato é que

(Eu amo encontrar textos meus perdidos. Muito porque eles me dizem quem eu era e, por mais que não me identifique mais com aquela Tatiana de anos atrás - que neste caso em especial é melancólica, um pouco insegura e inquieta - ela também sou eu. Este texto escrevi em 2012 e salvei em um rascunho de e-mail. Talvez para que  a Tatiana de hoje o encontrasse)

O fato é queTodas as vezes que quero muito te falar e não consigo acontece algo. Não são as mil possibilidades do teu não, apenas. Geralmente uns fantasmas me assombram à porta, mas não é somente isso. É meu inconformismo, gritante, dessa minha ansiedade frouxa. Incomoda-me, sobretudo, o fato de querer te falar a toda hora, como se a voz aplacasse a ausência. E nessa espera rota, ter como resposta não uma voz, mas uma chamada quem me diz irritantemente: NÃO, NÃO, NÃO. Mas o que mais me irrita, e de longe é o mais desesperador, é o fato de que te falar é uma necessidade minha e que tua voz, quando presente, me conforta sim, mas não é par…

Últimas postagens

Não atendida

O que me dói em ser mulher?

Diário de viagem

Um quarto com meu nome

A vida é muito curta para ter amigos cruéis

A casa

Escorpianos

Ainda?

30 exercícios para você se sentir melhor

Em cada canto onde você olhe, existe uma mulher se achando uma fraude

O roubo das garças