Fajuta

"(...)Não haverá um cansaço
Das coisas.
De todas as coisas,
Como das pernas ou de um braço?

Um cansaço de existir,
De ser,
Só de ser,
O ser triste brilhar ou sorrir...(...)
(Fernando Pessoa)


Sinto-lhes informar, mas a irmãzinha morreu.
Sabe aquela?
A que está sempre disposta a te ajudar.
- Ai, ela é tão querida...

Aquela que você sabe que sempre pode contar.

- Posso fazer, sim, sem problemas.
- Claro.
- Pode deixar comigo. Preciso fazer várias coisas, mas fica para depois.

Então. Vc sabe do que eu estou falando. Todo mundo tem uma. Se eu sou a sua, sinto muito. Ela acaba de falecer. Não direi que a madrasta má tomou seu lugar, mas pode ser que a irmã mais velha, aquela egocêntrica e rabugenta, seja uma boa opção.

0 comentários:

 

Copyright © 2010 • ::: salto baixo • Design by Dzignine