Meu reino das palavras

"Alheias e nossas as palavras voam (...)"

(Cecília Meirelles, Vôo)

Antes mesmo de saber escrever
As palavras já formavam imagens
Em minha mente.
Tarde, por exemplo.
Ao ouvir Boa Tarde,
vinha-me à cabeça um velho
de barba branca e rala
e expressão plácida.
O velho da Tarde,
como o chamo hoje,
ficava na soleira de uma porta
sob um céu alaranjado
contemplando o entardecer.

0 comentários:

 

Copyright © 2010 • ::: salto baixo • Design by Dzignine