Se contém

Paixão é cócega, das que arrepiam e explodem num riso descontrolado. A gargalhada acaba não sendo por gosto, nem por desgosto, e no fim a gente acaba rindo mesmo por ter perdido o prumo. E diante do cocegador a gente fica incerto se esconde o pé ou aperta o braço bem juntinho do corpo, pra não se perder na explosão incontida da gargalhada, ou então se se rende logo, pelo bem da risada. Mas ninguém se entrega fácil, muito menos foge de imediato. Cócega boa é aquela que vem sem aviso e cocegador bom é quem sabe fazer com jeito malandro, mesmo diante do apelo (metade rido metade chorado) do seu cocegado. Paixão é o exato momento em que ambos se olham e estudam o movimento alheio, mas sem ter certeza do que vai dar e como vai dar. Paixão é descontrolar.

Comentários

Que descrição linda, perfeita! Amei.
Beijo, Tati.
Marcelo Higinio disse…
Olha Tati, o texto ficou tão bom que me despertou um desejo de cocegar. :P Perfeito.
Diangela disse…
É perder o controle... texto lindo, Tati.
Mago Merlin disse…
Lindo, perfeito!2
Este comentário foi removido pelo autor.
Coisa linda, pra variar né.
Um brasileiro disse…
Olá. Estive por aqui. Muito bom. Gostei. Apareça por la. Abraços.
FABI disse…
Lindo... o texto!

Linda... a paixão!

Apaixonante... é o amor!
♥ ♥ ♥ ♥ ♥
hahaha
IgorVilla disse…
muito bom!... rs
glauce disse…
temos dons, mais o seu é uma dadiva divina. Brinca com as letras...
amei.

Postagens mais visitadas