Confesso

Que tenho momentos de maldade e que já desejei mal ao próximo (e principalmente à próxima, quando ela estava próxima demais do meu próximo). Que tenho surtos psicóticos, que já quis que certas pessoas... pfff desaparecessem. Que sou insegura e tenho ataques de choro frequentes. Confesso que quero ser paparicada, que sou ciumenta, possessiva e meio louca. Confesso que já culpei a TPM por momentos de imaturidade. Que sou mais vilã que mocinha. Que faço fofoca e depois tento me redimir pensando que nenhum comentário foi injusto, muito embora desnecessário. Que sou bem mais criança que adulta. Que magoo quem mais amo com a facilidade com que bebês choram. Que já tive vontade de jogar o celular janela afora. Que tive o mesmo desejo com pessoas. Que nem sempre tenho graça. Que não sei piscar sem abrir a boca, nem dobrar a língua, nem mexer a orelha sem as mãos. Que já fingi que não doeu. Que nunca virei uma estrelinha. Que o pé sua e já caí muito nas calçadas da vida. Que a mão sua e já manchei muito documento importante. Confesso também que em dias de calor eu, inteira, suo. E que é do meu querer ser, toda e todo dia, sua.


Comentários

Camila Rufine disse…
Compartilho, mais uma vez, em gênero, número e grau.

beijos da fã!
Tiozaum disse…
Caramba. Como vc consegue escrever assim tão bonito? hehe
Parabéns, denovo.

Beijos!
Eu te amo, e confesso que vai ser assim sempre.
Klaus Pettinger disse…
Que te admiro incondicionalmente, ou seja, mesmo quando simplesmente confessa que é humana! Lindo, especialmente o final!
Tati, que lindo! Sério, fico feliz com esses seus textos! =)
glauce disse…
simplesmente genial.
Nina Ferrari disse…
eu gostei muito.

p.s: te achei clicando em "próximo blog", rs
Elaine Freitas disse…
Querida,

visitando alguns blogs encontrei aqui um espaço mágico!
os textos são todos de sua autoria?

Beijos Iluminados e lhe convido a cohecer também o meu espaço
http://lainefreitas.blogspot.com
passoka disse…
seguindo aqui, segue de volta!
yellowlovecookies.blogspot.com

Postagens mais visitadas