Dela

A minha é um jardim. Feita de plantas, sempre bem cuidadas, de folhas abertas ao sol e à chuva. Com toda a sabedoria da natureza. Dos chás, das ervas, das sementes, conhece a força dos recomeços, das curas, das rezas. Tem a beleza das flores, não só as delicadas, mas aquelas que exigem os braços fortes e as mãos calejadas para remover as pedras, aquilo que resseca, que espinha. É feita de terra, permeada das raízes fortes que deixou para trás, do Nordeste esquecido e sempre tão presente no sotaque que teima em não ir embora e na garra. Terra adubada com o carinho de irmãos e filhos distantes, mas com amor presente e suficiente capaz de preencher seus dias. E que só cresce.

Te amo, mãe. Você é minha luz.

0 comentários:

 

Copyright © 2010 • ::: salto baixo • Design by Dzignine